segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

MOSTRA DE SURF EM PORTO!

PORTO EM PRANCHA! 
Um Manifesto Visual em Amor & Respeito ao surf.
Do  dia 23/11 ao dia 03/01/2011 a capital gaúcha recebe no Memorial do Rio Grande do Sul a Maior Mostra de Arte & Design em Prancha da America Latina, que surgiu como uma conseqüência do sucesso da edição anterior em Florianópolis. O evento
reúne cerca de 40 pranchas de 38 artistas de diferentes técnicas, convidados a transformar pranchas retiradas do lixo em obras de arte, incentivando o reuso do material que seria descartado. A idealizadora e artista plástica Ana Paula Alves se inspirou no SURF e na diversidade do ser humano. A mostra traz trabalhos de estilistas, grafiteiros, pintores, ilustradores, fotógrafos, litogravuristas. Seguindo a estrutura anterior, parte da venda das obras será destinada para a Kinder em Porto Alegre, instituição que presta atendimento interdisciplinar a portadores de deficiências múltiplas, sem condições financeiras.
(http://www.kindernet.org.br/).
 
Artistas que participam desta exposição: Zoravia Bettiol, Studio Crocco, Miriam TolPolar, APAS, Viti, Davi Escobar, Pablo Etcheparre, Carla Schertel, Nina Moraes, Marcelo Monteiro, Cleide Albuquerque, Matias Albuquereque, Caio Guedes, Diego de Los Campos, Yara Pansini, Hugo Rubilar, Sol Jaras, Trampo, Marcio Mello Melao, Cusco Rebel,Lidia Brancher, Ricardo Pirecco, Lemas, Jamaikah Santarem, Ogro,Cristina Engler, Paula Plim, Eliseu (artista especial da Kinder),Lucia Cavalli, Samuel Casal, Eduardo Guspe , Harleysom Almeida,Alexandre Torrano, Marcelo Barneiro, Felipe Dietrich, Andre Venzon,Bianka Choguis Grillo, Silvia Ferrao, Daniela Adams, Leandro Selister.


Fotos de Harleyson Almeida




quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Teatro

 Os produtores do Rosário em Cena Paulo Evandro Pereira da Costa e Marcos
 Paulo Silva, receberam com muita alegria a notícia de que seu projeto foi
 reconhecido nacionalmente através do Premio Funarte de Artes Cênicas 2010.
 Segundo Paulo Evandro, Rosário do Sul está se tornando cada vez mais, e de
 forma irreversível, um pólo cultural, já que os projetos desenvolvidos por
 ele dão espaço a jovens e crianças que querem mostrar seus talentos. Um dos
 projetos de Paulo Evandro, intitulado Brasil de Tudo um Pouco, envolve
 setenta dançarinos, que apresentam coreografias dos mais diversos ritmos
 musicais, os dançarinos são todos estudantes.